Corrupção destaca-se no relatório dos EUA sobre Direitos Humanos em STP

 relatório produzido pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos de América sobre os Direitos Humanos em São Tomé e Príncipe no ano 2015, revela que muitos cidadãos consideram o trabalho da polícia como sendo ineficaz, e denuncia que a polícia é corrupta. Isto apesar do aumento das acções de formação dos agentes policiais.

Os juízes também não escapam a denúncia de corrupção. Segundo o relatório norte-americano, apesar do aumento do salário dos magistrados, que é superior ao salário praticado na maioria dos sectores da função pública, supostamente os juízes aceitam subornos.

O departamento de Estado dos Estados Unidos de América apoiou-se nos indicadores de Governação Mundial, produzidos pelo Banco Mundial para assegurar que a corrupção é um problema em São Tomé e Príncipe.

A nível da comunicação social, o relatório deixa claro que há condicionamentos a liberdade de imprensa. «Jornalistas afirmaram terem ocasionalmente praticado a auto-censura, particularmente nos meios de comunicação social que são propriedade do Governo», diz o relatório.

Tais meios de comunicação social do Estado, são considerados pelo relatório como sendo as fontes mais importantes de notícias no país. A imprensa Estatal administrada pelo Governo, é indicada no relatório do Departamento de Estado dos Estados Unidos de América como tendo cortado intencionalmente a transmissão de discursos críticos feitos por deputados da oposição.

A nível da Internet, diz o relatório sobre os direitos humanos em São Tomé e Príncipe em 2015, que «o Governo não interrompeu ou restringiu o acesso a internet, nem tão pouco censurou conteúdos on line».  Diz ainda que o acesso a internet foi amplamente disseminado no país.

Em 2015, o Departamento de Estado dos Estados Unidos de América, não registou qualquer relato de que o Governo tivesse realizado escutas as comunicações individuais sem a devida autorização judicial.

Mais pormenores – Relatório

Fonte: Tela Non

2018-04-26 02:57:24

Mais Recentes